Archive for dica de lugares

No Remanso do Bosque – menu desgutação

Vocês sabem o que acontece quando gosto de uma coisa né, quando é sapato não tiro do pé e falto dormir com ele, kkkkkk, quando é uma make, sombra e tals não uso outra durante diiiias, mas quando assunto é comida maravilhosa, simplesmente não penso em outra coisa. : O #comofazzz?

Sou apaixonaada pela moqueca (capixaba) do Remanso do Peixe – Restaurante de Belém, especializado em receitas de qualidade usando peixes da Amazônia- mas isso é assunto pra ooutro post. Aliás acho bom eu encerrar logo esse papo, senão vou acabar parando lá, inclusive tô desde o início do post sem saber o que fazer com essas fotos aqui embaixo que ficam me tirando a atenção, ‘hallp’.

Mas voltando, o Remanso do Peixe é o primeiro Restaurante da família “Remanso”, e que agora inaugurou o Remanso do Bosque, (que foi onde fiz essas fotos). Nesse novo espaço comandado pelos chefs Thiago e Felipe Castanho, a gente encontra uma cozinha brasileira com uma influência regional, mas com um olhar refinado, pra admirar, degustar e se encantar. Quase uma poesia.

E ‘vamo lá’, vou contar rapidex aqui o que mais amei. Beiju cica, queijo de búfala do Marajó (bem alí) ; p e alho negro, eeesse alho, ainda bem que não sei fazer, senão colocaria em tudo, <3 (primeiro prato). Ravióli aberto de pupunha (segundo prato), é a pupunha em sua melhor performance : O suave!

Uma pausa pra respirar com esse terceiro prato kkkk, bacalhau mais saboroso nunca ví, macioo e ainda com a textura conservada, olha que sou muito fã desse peixe e sempre que estou num restaurante diferente, peço bacalhau (quando tem), pra conhecer.

O sexto prato, nhoque de banana da terra não estava no menu, mas eu pedi pra experimentar porque já tinha visto uma foto dele, só que na casca da banana, parecendo um barquinho *_*, mil vezes amei.

E quando a gente pensa que acabou, noonn. Bacuri em texturas, já sou fã de bacuri e é a fruta regional que mais desejo every day, desde que cheguei em Belém, partindo desse principio. Adivinha o que eu achei do prato? *_* Ahh, claro o último prato é com chocolate da ilha do Combú, além de lindo é uma delícia, um dia desses pedi e veio num vasinho de cerâmicaaa : O ahhh.

Hahahaha, liga não pra foto super mostrando a make-up, tá, mas tá valendo porque mostra o efeito (segundo sol) do esmalte total glitter da Hits. É que a pessoa que fez graça foi a mesma que fez a foto e por incrível que pareça, kkk foi a única que ‘prestou’.

Heeey, só eu que tô vendo um peixe gigante com cara de cansado olhando pro lado direito, alí na foto? Hahaha. Esse quadro é uma foto super, com uma luz dramática e o que (eu) vejo como peixe, é um tronco de árvore. Demais né?!

Pra saber mais sobre o Remanso do Bosque, clique aqui.

Já devem ter visto os chefs Felipe e Thiago Castanho pelas Vogues afora, clique aqui pra ver a última matéria (na verdade acho que a última é da Vogue Itália) e aqui pra ver outras publicações e curtir a fanpage.

Tv. Perebebui 2350Belem – Pará (91) 3347-2829

Delicinhas da Santa Chicória

Tudo bem que não foi hoje, nem ontem kkkkk, mas vale a pena mostrar aqui como é delíciaa esse bolinho da Santa Chicória! Fui conhecer o espaço gastronômico que fica na Rua Diogo Moia #1046 (entre 14 de março e Alcindo Cacela, no bairro do Umarizal aqui em Belém) e achei super fofo!

O espaço tem uma identidade regional porém, com um olhar especial, desde os pratos até a decor, comidinhas especiais com temperos da região, na parede uma arte enorme e belíssima da artista paraense Drika Chagas, entre outros elementos de decor como luminárias de garrafas de vinho, caixas de madeira, etc. Ótimo lugar pra sair pra jantar e bater um papo tranquilo!

Além dos bolinhooos (de vatapá e maniçoba), hahaha adorei o ravioli de jambú também : D! Vale a visita!

Pra curtir a página do Santa Chicória no face, clique aqui! Mas uma coisa eu garanto, é melhor ao vivo, hahaha.

Ahh outra coisa, lá tem aula de culinária! Maiores informações aqui na fanpage.